Joana Jecker, vitima do câncer de mama, presidente da RECOMEÇAR

Dr, Cândido, cirurgião cardiovascular
Saúde do Idoso – Coração e Marcapasso
outubro 19, 2016
Viande – Carnes Especiais
outubro 24, 2016

Joana Jecker, vitima do câncer de mama, presidente da RECOMEÇAR

Vítima da doença aos 33 anos, Joana Jecker (cuja mãe também teve câncer de mama), passou pela mastectomia e criou a RECOMEÇAR, Associação de mulheres mastectomizadas, instituição sem fins lucrativos, com a finalidade assistencial e de prevenção à saúde. Desenvolve um trabalho diretamente voltado à mulher mastectomizada, além de orientar e acompanhar a paciente na fila de espera para Reconstrução da Mama pelo Sistema Único de Saúde – SUS. No vídeo ela conta como descobriu a doença e incentiva a realização dos exames. Joana é uma empreendedora, trabalhando duro pela evolução da legislação sobre o assunto. No mês de Outubro, ela é nossa personagem no QUEM FAZ BRASÍLIA. No dia 17 de outubro o Shopping Venâncio inaugurou a exposição VIVA A VIDA, com a presença de mulheres que integram movimentos de vitimas ou prevenção ao câncer de mama, como Ana Flávia, da  AI, QUE SACO! 

Abrir o resultado do exame de CA faz o coração disparar, as pernas travarem e a cabeça girar. CA  positivo, sinal que você é uma nova vítima da doença que vem crescendo e tomando os corpos de homens, mulheres, ricos e pobres, indiscriminadamente: o câncer. Entre as mulheres, o mais comum é o de mama, sendo esperados no Brasil 57.960 novos casos em 2016. O Outubro Rosa nasce em 1990 como movimento que veio para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. Anualmente instituições, pacientes, profissionais se unem visando compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

Em 2016, a campanha do INCA no Outubro Rosa tem como tema “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?”. O objetivo é fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para o rastreamento e o diagnóstico precoce do câncer de mama e desmistificar conceitos em relação à doença. A campanha enfatiza a importância de a mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas;
informa que para mulheres de 50 a 69 anos é recomendada a realização de uma mamografia de rastreamento a cada dois anos;
mostra a diferença entre mamografia de rastreamento e diagnóstica;
esclarece os benefícios e malefícios da mamografia de rastreamento;
informa que o Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias.

Associação de mulheres mastectomizadas de Brasília. http://www.recomecar.org

Sociedade Brasileira de Mastologia: https://www.sbmastologia.com.br

https://www.aiquesaco.com

Conheça mais Gente de Brasília: http://monicanobrega.com.br/gente-de-brasilia/

Motivação, Saúde e Bem-Estar – Inscreva-se no Canal
http://www.youtube.com/viverembrasilia

Mônica Nóbrega
Mônica Nóbrega
Comunicadora, redatora, radialista, palestrante motivacional.

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *